Pop-ups em sites mobile: o que fazer para não ser punido pelo Google

Marketing Digital | Por Natália Lannes em 22/06/2017
Pop-ups em sites mobile: o que fazer para não ser punido pelo Google

Desde janeiro de 2017, o Google está punindo quem ainda não se adequou às novas regras de uso dos pop-ups em sites mobile. Isso significa que os websites que não estiverem de acordo com as exigências perderão algumas posições no ranking de buscas orgânicas.

Com essa notícia, muitos acharam que os profissionais de marketing digital e demais áreas da tecnologia ficariam abalados. Mas não foi bem assim, pois o Google está sempre fazendo mudanças em seus algoritmos. Ou seja, quem trabalha nessa área sabe que precisa estar sempre se atualizando para atender às condições impostas.

Sabemos o quanto é chato entrar em sites e nos depararmos com uma enorme janela escondendo o conteúdo. Por isso, as páginas precisam alinhar suas estratégias de conversão com a experiência do usuário.

Quer saber como agir para que seu site mobile não receba punição do Google? Continue a leitura e entenda!

O que mudou com os pop-ups em sites mobile?

Os sites que não estiverem de acordo com as exigências, colocando pop-ups intrusivos, serão penalizados e cairão no ranking. Porém, é importante esclarecer que eles não desaparecerão do mecanismo de buscas, apenas perderão posições.

Os pop-ups que cobrem a tela inteira e escondem o conteúdo principal, conhecidos como interstitials, são os principais alvos dessa mudança. Caso haja um pop-up dessa natureza ao clicar no link que aparece no mecanismo de busca e entrar no site, a página será penalizada.

Na hipótese de haver um banner na página que ocupe todo o espaço acima da dobra, mesmo que não esconda o conteúdo, também ocorrerá punição. A razão é que, apesar de o usuário não precisar dispensá-lo para ver o material da página, ele terá que rolar a tela até que esse banner suma, o que atrapalha a experiência do visitante na página.

Até mesmo os pop-ups que não preenchem toda a tela, mas ocupam um grande espaço, dificultando a vida do usuário, entraram na lista e gerarão uma punição ao site.

Qual o motivo da mudança?

O motivo principal é proporcionar uma melhor experiência ao usuário. Como as telas dos dispositivos mobile são menores, os anúncios são difíceis de serem dispensados. Sendo assim, é comum que as pessoas cliquem no pop-up, sem querer, ao tentar fechá-lo.

O Google já havia feito uma mudança em 2014, punindo os sites menos responsivos que não mostrassem os conteúdos de forma adequada. Sabe quando você precisa dar zoom para ler algum texto em seu smartphone? Graças a essa mudança, casos assim estão ficando cada vez mais raros.

Portanto, pode-se dizer que a preocupação da companhia norte-americana é oferecer conteúdos mais relevantes.

O que deve ser feito para não ser punido?

A primeira dica e mais óbvia é: não usar banners ou pop-ups em sites mobile que cubram a tela inteira ou boa parte dela. Por outro lado, você pode deixar esses recursos visíveis apenas para quem acessa por desktop.

Uma atitude legal e permitida pelo Google é utilizar hiperlinks para direcionar os usuários para uma landing page. Essas ações costumam resultar em grandes conversões. Logo, os visitantes clicarão em seus links de forma espontânea por meio da produção de conteúdos relevantes.

Outra forma de inserir um anúncio visualmente atraente ou pop-up para captar os contatos é colocar um banner que não ocupe muito espaço. Ele pode ser fixado abaixo do título, no corpo do texto, como uma imagem, como um botão ou da maneira e onde você achar melhor.

Por fim, vale salientar que pop-ups para a verificação de idade ou informando o uso de cookies não serão punidos. Diálogos de logins em sites que não são indexados publicamente também não entram nessa conta.

Essas mudanças podem até causar incômodo em algumas pessoas, mas quando o usuário tem uma boa experiência ao navegar em sua página, todo mundo sai ganhando. Os pop-ups e banners são ferramentas úteis, mas devem ser utilizadas de maneira conveniente.

O meio mais eficaz de garantir a satisfação dos visitantes é contar com uma agência especializada no desenvolvimento de sites mobile. Dessa forma, sua página estará alinhada com todas as boas práticas que essa mudança propõe.

Agora que você já sabe como os pop-ups em sites mobile devem ser usados, que tal continuar acompanhando outras novidades do marketing digital? Assine gratuitamente a nossa newsletter e não perca nenhum conteúdo do blog!